Vai viajar para a capital paulista? Descubra o que a cidade tem de melhor

A eterna terra da garoa é uma das capitais mais efervescentes do país e concentra inúmeras atrações para quem quer se divertir. Passar um final de semana na “cidade que nunca dorme” pode ser uma experiência renovadora, mas pede fôlego – já que ficar parado não é uma opção.

Mesmo durante a pandemia, a cidade se reinventou e criou atrações diferenciadas e mais seguras – os mega espetáculos, cinemas e exposições no formato drive-in estão aí para provar isso. E para quem deseja ter um pouco mais de contato com a natureza em meio ao caos, há uma grande quantidade de atividades e parques à disposição.

O mix de culturas também está entre os atrativos da cidade e uma das melhores formas ter esta experiência é através da gastronomia. Em Sampa, fica até difícil escolher em qual restaurante comer – asiáticos, italianos, portugueses, espanhóis, argentinos, árabes, nordestinos e muitos outros se misturam aqui neste caldeirão cultural.

Preparamos um guia completo para tirar o máximo de proveito durante uma visita à capital paulistana. Devido ao agravamento da COVID-19 em todo o país, várias cidades apresentam alteração constante em suas fases de restrição e isolamento. Por isso, recomendamos que você confirme se os horários, atrações e condições que divulgamos abaixo são válidos no momento de sua viagem para São Paulo.

O QUE ESTÁ ABERTO EM SÃO PAULO?

Durante o período de isolamento social, algumas atrações tiveram seus horários e capacidade de receber visitas alterados. Além disso, alguns espaços pedem agendamento prévio para que não haja aglomerações. No momento, a cidade de São Paulo está na fase amarela de reabertura. Conheça as regras de funcionamento:

Capacidade limitada a 40% do público, horário reduzido (12 horas – só podem abrir após 6h e devem fechar antes das 22h) e praças de alimentação em funcionamento de acordo com a categoria do estabelecimento.

Capacidade limitada a 40% do público e horário reduzido (12 horas –  só podem abrir após 6h e devem fechar antes das 22h).

A venda de bebidas alcoólicas é permitida das 6h às 20h.

Somente podem funcionar com 40% da capacidade. Estão operando com horário reduzido de, no máximo, 10 horas. A venda de bebidas alcoólicas para as duas categorias é permitida até as 20h e os bares podem funcionar até este horário. Já os restaurantes podem ficar abertos até as 22h. O consumo e o atendimento devem ser apenas para clientes sentados. Deve haver distanciamento de 2 metros entre as mesas e de 1,5 metro entre as pessoas, com, no máximo, 6 pessoas por mesa.

Estão funcionando com a capacidade limitada de até 40% e horário reduzido de 6 horas. É necessário agendamento prévio. Os equipamentos devem ser limpos ao menos 3 vezes ao dia.

Podem funcionar por até oito horas, até, no máximo, às 20h. Devem ter ocupação de 40% da capacidade. Alguns espaços exigem agendamento prévio.

Fechadas.

Os parques estão abertos de segunda a sexta, e com a capacidade limitada a 40%. Deve haver distanciamento social mínimo de 2 metros entre as pessoas. Fica proibido o uso de bebedouros e chuveiros.

O QUE FAZER EM SÃO PAULO?

Confira as atividades indicadas para diferentes públicos e aproveite ao máximo sua viagem!

SÃO PAULO PARA FAMÍLIAS

Quer tirar as crianças um pouco de casa e dar um respiro entre uma aula online e outra? Veja as atrações mais legais da cidade:

O Jardim das Maravilhas de Miró

Que tal incentivar o gosto pela arte desde a infância? A exposição “O Jardim das Maravilhas de Miró”, no Farol Santander, é uma ótima forma de fazer isso. Voltada para o público infantil, a atração é uma verdadeira experiência imersiva inspirada nas obras do artista catalão que ficou conhecido por suas obras surrealistas, cubistas e fauvistas.

Ao longo do percurso, os visitantes se deparam com telas interativas, criações com elementos da obra de Miró,  brincadeiras com as cores utilizadas pelo artista e até mesmo com uma área para criar autorretrato surreal. O ambiente colorido e divertido certamente vai inspirar muitas fotos legais!

até 02 de maio, de terça a domingo

das 10h às 20h.

  • Sinalizações para respeitar o espaço de 1,5 m entre as pessoas;
  • Uso obrigatório de máscara em todos os ambientes;
  • Ocupação máxima de 40% da capacidade do prédio;
  • Tapetes sanitizantes e secantes nas entradas do prédio;
  • Dispensers de álcool gel 70% em todos os andares;
  • Higienização frequente das superfícies hipertocadas.

entre R$ 12,50 e R$ 25

Farol Santander – Rua João Brícola, 24, São Paulo

Museu Catavento

Aguçar a criatividade das crianças desde cedo é fundamental. Depois de um período fechado durante a pandemia, o Museu Catavento voltou a abrir suas portas e agora volta a receber os pequenos curiosos. Totalmente interativo, o espaço reúne artes, ciência e conhecimento – tanto que o mote do local é “você aprende enquanto se diverte”.

O museu é dividido em quatro grandes seções: Universo, Vida, Engenho e Sociedade. Durante o percurso, é possível conferir instalações, participar de experimentos e fazer muitas descobertas! Na parte externa do museu, há também o Jardim de Polinizadores e o Borboletário.

de quarta a domingo

Quintas-feiras – 18h30 e 20h
Sextas-feiras – 18h30 / 20h
Sábados – 11h30, 14h30, 17h30 e 19h
Domingos – 11h30, 14h30, 17h30 e 19h

  • Visita somente com agendamento prévio;
  • A lanchonete está temporariamente inoperante;
  • O uso de máscara é obrigatório;⁣⁣
  • Manter distância de 2 metros entre as pessoas;⁣⁣
  • Caso apresente temperatura de 37,5°, a entrada não será permitida;⁣⁣
  • Lavar e higienizar as mãos sempre. Inclusive ao final da visita/expediente;⁣⁣
  • Disponibilização de álcool gel;
  • A visita terá duração de 1h50;

Todos os ambientes do museu são constantemente limpos, com intenso processo de desinfecção, especialmente os banheiros e as áreas de acesso público, seguindo as indicações das autoridades sanitárias e órgãos competentes

R$ 10,00 a inteira; R$ 5,00 meia-entrada (aposentados ou idosos, crianças de 4 a 12 anos, estudantes com carteirinha, pessoas com deficiência e ID Jovem).

A entrada é gratuita para: crianças de até 3 anos e 11 meses; diretores, coordenadores e professores do estado de São Paulo (Municipal e Estadual) com apresentação de holerite atualizado; monitor ou guia de turismo, apresentando a carteirinha da MTUR/EMBRATUR; funcionários da secretaria estadual de cultura, apresentando o crachá de identificação profissional; funcionários de museus filiados ao ICOM, apresentando o crachá de identificação profissional; escolas públicas estaduais e MUNICIPAIS do Estado de São Paulo (previamente agendadas com roteiro programado); policiais civis e militares, Guarda Civil metropolitano do Estado de São Paulo;

Av Mercúrio, s/n – Pq Dom Pedro II, Centro, São Paulo.

 

o agendamento deve ser feito previamente através dos telefones (11) 3246 4067, 3246 4140 ou 3246 4167.⁣⁣ O pagamento é no local.

Sítio do Picapau Amarelo

Sítio do Picapau Amarelo

As histórias de Monteiro Lobato encantaram gerações e é no espaço temático do Sítio do Picapau Amarelo, em Mairiporã, que elas ganham vida. Durante o passeio, é possível interagir com personagens como Emília, Visconde de Sabugosa, Saci, Cuca e Tia Nastácia.

Totalmente integrado à natureza, o local conta com cenários das histórias infantis do autor e lá é possível visitar  a Casa da Dona Benta, o Museu de Monteiro Lobato, a Biblioteca, a Cabana do Tio Barnabé, o Reino das Águas Claras, a Gruta da Cuca, a canastra da Emília, a sala das invenções e o poço de petróleo.

onde comprar o ingresso

Vagas limitadas e vendas somente antecipadas através do (11) 99619-4994

: a cada mês, eles divulgam as datas dos passeios – geralmente são aos finais de semana e em feriados. Em fevereiro de 2021, as datas de abertura são 14 e 28.

Das 09h às 12h ou das 13h30 às 16h30

  • Uso de máscara obrigatório para todos;
  • Distanciamento de 2 m das demais famílias, personagens e monitores;
  • O espaço está trabalhando com 30% da capacidade para respeitar todos protocolos de segurança;
  • Cada grupo será composto por duas famílias que serão acompanhadas por 1 condutor de histórias (monitor), que fará o circuito em sistema de rodízio para os grupos não se encontrarem e manterem o distanciamento.

R$ 45,00 para crianças de 3 a 12 anos, acima de 60 anos, professores e PNE

R$ 55,00 para adultos

crianças até 2 anos e 11 meses têm entrada gratuita.

Estrada Armando Barbosa Almeida, 8035, Caceia – Centro – Mairiporã

3 horas

Fazendinha Estação Natureza

Fazendinha Estação Natureza

Que tal visitar uma fazenda no meio de São Paulo? A Fazendinha Estação Natureza foi o primeiro parque rural pedagógico inaugurado na cidade. Em plena zona sul da capital, ela tem uma área de 10.000 m²  e oferece um ambiente rural, onde as crianças podem interagir com os animais como galinhas, vacas, porcos, patos e ovelhas.

O espaço também oferece algumas atividades especiais como andar a cavalo, fazer passeios de charrete, tirar leite de vaca e plantar. Fora do período de pandemia, também há aulas de culinária para as crianças.

onde comprar o ingresso

É necessário o agendamento através do telefone (11) 5034-0937 ou do WhatsApp (11)96928-6055.

De quinta a domingo

Das 10h às 17h

  • Capacidade reduzida de até 40% do funcionamento normal;
  • Obrigatório o uso de máscaras;
  • Aferição de temperatura na entrada para todos;
  • Dispositivo de álcool gel em locais estratégicos;
  • Demarcação na entrada, saída e demais dependências da Fazendinha com o distanciamento seguro;
  • Bilheteria com protetor de acrílico;
  • O passeio a cavalo será realizado de forma agendada para que permaneça no local somente a família;
  • Não serão realizadas atividades que não proporcionem condições de distanciamento seguro.

R$ 58,00 por pessoa a partir de 2 anos (crianças com até 1 ano e 11 meses e adultos acima de 60 anos não pagam, mediante apresentação de documento)

Av.Washington Luiz, 4221 – Brooklin, São Paulo.

Cia dos Bichos

Fazendinha Cia dos Bichos

Para quem pode sair um pouquinho de São Paulo, uma ótima atração ao ar livre é a Cia dos Bichos, que fica em Cotia. Recomendado para crianças de um a oito anos, o espaço permite que os pequenos entrem nos cercados e alimentem os animais, além de poder fazer carinho neles. Uma das atrações de sucesso é dar frutinhas às emas.

Na fazendinha, também é possível andar a cavalo, visitar o berçário de filhotes, passear de charrete e ordenhar as vaquinhas. O local oferece ainda oficinas de culinária e artes.

onde comprar o ingresso

É necessário o agendamento através do telefone (11) 4703-3548. O pagamento é feito no local com dinheiro ou cartão de débito.

De quarta a domingo e feriados.

Sábados, domingos e feriados, das 10h às 17h.

De quarta a sexta, das 10h às 16h30.

  • Obrigatório o uso de máscaras.
  • Distanciamento social no restaurante.

R$ 60,00 por pessoa para crianças de 02 anos completos até adultos com 59 anos;

Crianças com menos de 02 anos não pagam a  entrada;

Adultos com 60 anos ou mais pagam R$ 30,00 a entrada

Estrada de Capuava, 2990 – Granja Viana – km 25,5 da Raposo Tavares, saída para Embu.

SÃO PAULO PARA CASAIS

Passeios para fazer a dois é o que não falta em São Paulo. Descubra o lado romântico da cidade!

Jardim Botânico

Jardim Botânico

Para quem quer fugir da muvuca dos parques mais famosos da cidade, uma ótima opção para um passeio a dois é o Jardim Botânico.Como não é permitido jogar bola, andar de bicicleta, levar animais domésticos ou fazer churrasco, o ambiente inspira tranquilidade. 

Com 360 mil m² de mata atlântica, o local reúne 380 espécies de árvores, além de animais como o tucano de bico verde, a preguiça, bugios e roedores.Alguns dos pontos de destaque são as  Escadarias/Jardim de Lineu, inspiradas no Jardim Botânico de Upsala (Suécia), e o Lago das Ninféias, que abriga plantas aquáticas nas cores amarela, roxa e rosa. Bateu uma fome? O espaço conta com restaurante e lanchonete, mas você também pode fazer um piquenique ao ar livre.

De terça a domingo e feriados. O local fica fechado na Sexta-feira Santa, 25 de dezembro e 1º de janeiro.

Das 9h ás 17h.

  • Durante o período de pandemia, todas as atividades educativas e visitas monitoradas do Jardim Botânico estão suspensas. As visitas de estudantes e demais grupos organizados são livres e sem monitoria.
  • Restrição de 50% dos ingressos.
  • É obrigatório o uso de máscaras.
  • Álcool em gel em pontos estratégicos.
  • Roteiro de visitação disponível via QR Code.
  • Os ambientes, equipamentos e áreas de circulação serão frequentemente sanitizados.
  • Áreas de exposição estão fechadas.

R$ 5 para estudantes e R$ 10 para o público em geral. Crianças até 04 anos, idosos acima de 60 anos e portadores de necessidades especiais são isentos. Estacionamento cobrado à parte – R$ 15 para carros de passeio, R$ 10 para motos e R$ 45 para vans, ônibus e micro-ônibus.

Av. Miguel Estefno, 3.031, Água Funda, São Paulo – SP

Bar Botânico

Bar Botânico

Saudades de tomar uns bons drinks? O Bar Botânico tem duas unidades na capital (Pinheiros e Jardins) e, durante a pandemia, fez algumas adaptações nas casas, para priorizar o distanciamento social e os espaços ao ar livre. Os ambientes permitem a entrada de crianças e pets.

Os drinks com gin são os queridinhos do público, como é o caso do famoso Tanquerina. O cardápio da casa também traz delícias como o spaghetti de frutos do mar com salsa de tomate fresco, filé de pescada grelhada e farofa crocante de castanha de caju e o polvo a la plancha.

Não é cobrada a entrada, apenas o consumo no local. É necessário fazer reserva através do site

De quarta a domingo

De quarta a sexta – das 18h às 22h

Sábados – das 12h às 22h

Domingos – das 12h às 20h

  • Não serão permitidas aglomerações.
  • Viseiras de acrílico e luvas para todos os funcionários.
  • Álcool em gel 70% disponível à vontade para os clientes.
  • Limpeza mais recorrente do local e reforço na higienização de louças e talheres.
  • É necessário fazer reserva.

Não é cobrada a entrada, apenas o consumo no local.

Unidade Pinheiros – Rua Deputado Lacerda Franco, 344 – Zona Oeste – São Paulo/SP

Unidade Jardins – Rua Alameda Franca, 1033 – Zona Sul – São Paulo/SP

Spot Restaurante

Spot

Especializada em gastronomia contemporânea, a casa tem sua sede a menos de um quarteirão da Avenida Paulista. O restaurante encanta não só ao paladar, mas também aos olhos: com um ar bem descolado, está instalado em meio a uma grande praça com fonte iluminada e tem seu projeto arquitetônico assinado por André Vainer. Durante a pandemia, este ambiente ganhou mesas para receber até 48 pessoas ao ar livre.Desde 2013, o Spot conta com uma filial no shopping JK, que também tem área externa.

No cardápio, há influências que vão desde lembranças de infância até experiências de inúmeras viagens de seus sócios ao redor do mundo. Alguns de seus pratos de sucesso são o penne com melão e presunto cru, o polvo grelhado e o steak.

Aberto todos os dias

JK Iguatemi – segunda a sexta das 12h às 14:30. Sábado e domingo das 12h às 16h e todas as noites das 18h às 22h.

Paulista – segunda a sexta, das 12h às 14h30.Sábado e domingo das 12h às 16h e todas as noites das 18h30 às 22h

  • Lotação máxima será de 40% da capacidade do salão, com até 6 pessoas por mesa.
  • Foi montado um salão externo, com mesas distantes e ambiente arejado.
  • Aferição de temperatura na entrada do restaurante.
  • O cardápio é acessado pelo celular por meio de um QR Code nas mesas.
  • Uso indispensável de máscara.

Não é cobrada a entrada, apenas o consumo no local.

Caso deseje fazer reserva, o telefone é 3079-3448.

Unidade JK Iguatemi – Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041 – Vila Olímpia, São Paulo – SP

Unidade Paulista – Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041 – Vila Olímpia, São Paulo – SP

Pico do Jaraguá

Parque Estadual do Jaraguá / Pico do Jaraguá

Você e seu amor curtem uma boa aventura? O Parque Estadual do Jaraguá pode ser uma ótima opção para quem quer ficar pertinho da natureza e, de quebra, ter uma vista inspiradora de São Paulo. Isso porque o parque abriga o Pico do Jaraguá, que representa o ponto mais alto da cidade, com 1.135 metros de altitude. O local também conta com um dos últimos remanescentes de Mata Atlântica da região metropolitana da capital e foi considerado pela UNESCO um Patrimônio da Humanidade.

Se você não se animou a chegar ao cume da montanha, não tem problema. O lugar conta com várias trilhas autoguiadas de nível fácil ou médio de dificuldade. Há também a possibilidade de contratar um monitor ambiental, que poderá explicar sobre a história do parque

De terça a domingo

Das 08h às 16h

  • Obrigatório o uso de máscaras.
  • Distanciamento mínimo de 1,5 m entre as pessoas.
  • Higienização constante das mãos.
  • As pessoas devem trazer suas próprias garrafas ou copos d’água.
  • Aferição da temperatura corporal dos visitantes.
  • O acesso ao parque será limitado a, no máximo, 1.700 pessoas por dia e respeitará a ordem de reserva.
  • Não será permitido o uso de áreas de piquenique.
  • O Centro de Visitantes e a Sala de Informações permanecerão fechados.
  • Evitar aglomerações.

Gratuito para brasileiros.

Estrada Turística do Jaraguá, 3988 – Jaraguá – São Paulo/SP

Rua Avanhandava

Rua Avanhadava

Um pedacinho pra lá de charmoso da Itália no meio de São Paulo. A história dessa travessa da Rua Augusta começa na década de 1980, quando o empresário Walter Mancini comprou a Pizzaria Zi Tereza e inaugurou seu primeiro restaurante na Rua Avanhandava, a Cantina Famiglia Mancini.

De lá pra cá, outros restaurantes abriram e a rua passou por uma revitalização. Inspirada pelas vilas italianas, o local ganhou fontes decorativas assim como um novo sistema elétrico com mais de 500 bolinhas de luzes coloridas, que garantiram um ar romântico. Além dos restaurantes, ali é possível encontrar uma galeria e loja de arte, um vintage shop e o Piccolo Teatro, que está com as atividades interrompidas durante a pandemia.  Ah, quer mais um motivo pra conhecê-la? A rua ganhou o apelido de “rua mais feliz de São Paulo”.

O espaço é público e fica aberto todos os dias. Para visitar os restaurantes e lojas, é preciso verificar os horários de funcionamento de cada um deles, assim como os protocolos de higiene e segurança para a Covid-19.

SÃO PAULO COM OS AMIGOS

Vai visitar São Paulo com amigos? Conheça as atrações que prometem diversão, cultura e belas fotos!

MIS Experience: Leonardo Da Vinci - 500 anos de um gênio

O MIS Experience reabriu recentemente e a exposição  “Leonardo Da Vinci – 500 anos de um gênio” foi a escolhida para marcar este retorno. Com a pandemia, ela passou por algumas adequações, como redesenho do espaço de projeções, nova expografia, mais espaço para circulação e um percurso de fluxo contínuo e sinalizado, em um único piso. 

Nesta atração, os visitantes poderão conhecer todas as facetas deste gênio: inventor, artista, cientista, engenheiro, arquiteto, músico…E, mais do que isso, poderão  descobrir cerca de 100 obras exclusivas de Da Vinci, incluindo máquinas e reproduções em tamanho real das obras de arte renascentista, protótipos de seus projetos aéreos e civis, instrumentos musicais, óticos e para marcar o tempo, estudos de anatomia, entre outros.

De terça a domingo; até 09 de maio de 2021

Das 10h às 17h

  • Obrigatório o uso de máscaras – inclusive para tirar fotos e selfies;
  • Aferição de temperatura na entrada;
  • A bilheteria está fechada. Os ingressos devem ser adquiridos previamente pela internet;
  • Distanciamento mínimo de 2 m entre as pessoas;
  • Totens de álcool gel para visitantes;
  • Lavar as mãos regularmente;
  • Não tocar nos displays, obras ou demais superfícies;
  • Tempo máximo de permanência na exposição é de uma hora;
  • Como o museu está operando com capacidade reduzida, atrasos de mais de 15 minutos não serão tolerados e os valores não serão reembolsados.

R$20 (inteira) e R$10 (meia). Entrada gratuita às terças-feiras.

Rua Vladimir Herzog, 75, Água Branca, São Paulo

Ludus Luderia

Ludus Luderia

Para quem viaja entre amigos, que tal uma noite de diversão com jogos? Este bar na Bela Vista oferece, além de comes e bebes, um acervo de mais de 1.200 jogos nacionais e importados. Tem os clássicos de tabuleiro que remetem à infância, jogos de cartas e alguns títulos mais modernos e elaborados.

Se você não souber as regras de algum jogo ou já tiver perdido a prática, não tem problema! Os monitores do “bar lúdico” podem ajudá-lo. Na pandemia, o número de mesas foi reduzido e recomenda-se fazer a reserva com antecedência para garantir um lugar.

Sexta, sábado e domingo

Das 16h às 22h

Medição de temperatura na entrada, mesas espaçadas e disponibilização de álcool em gel.

R$ 20,00 (entrada por pessoa, jogando à vontade)

Rua Treze de Maio, 972 – Bela Vista – São Paulo/SP

Reservas pelo WhatsApp: (11) 99241-2211

Beco do Batman

Beco do Batman

Esse é especial pra quem adora tirar aquela foto bacana para o Instagram! Como o próprio nome já indica, esse destino queridinho dos turistas que passam pela capital paulista é nada mais que uma pequena travessa localizada na Vila Madalena.

O que o torna especial, contudo, são os muros cobertos de grafite que transformam o local em uma verdadeira galeria de arte a céu aberto. Um excelente passeio ao ar livre para quem gosta de fotografar e, de quebra, registrar a viagem nas redes com imagens inconfundíveis.

A qualquer hora, mas vá à luz do dia para tirar boas fotos.

Entre a rua Gonçalo Afonso e a rua Medeiros de Albuquerque – Vila Madalena

Arte na Rua

Arte Fora do Museu

Mesmo com museus e galerias fechados pela pandemia, os fãs de arte ainda têm muito o que ver e admirar na cidade de São Paulo. O site Arte Fora do Museu possui um extenso levantamento de obras artísticas localizadas em espaços públicos em diversas cidades do mundo, incluindo a capital paulista.

Navegando pelo mapa disponível na página, você encontra obras perto de você. Pode também selecionar pelo tipo de trabalho, entre murais, esculturas, street art e arquitetura. Uma excelente opção para quem quer conhecer a fundo a cidade e suas diversas formas artísticas, dando atenção especial a tudo aquilo que às vezes passa batido na rotina de quem passa por esses locais todos os dias.

Em várias localidades espalhadas pela cidade.
Confira o mapa no site abaixo:

Bairro da Liberdade

Liberdade

O tradicional bairro de imigrantes japoneses é parada obrigatória para quem visita São Paulo em qualquer época! Repleta de cultura por todas as partes, a Liberdade fica em uma região central da cidade e é facilmente acessada pelo transporte público (se vai de metrô, desça na estação Japão-Liberdade, pela linha azul).

Por conta das restrições da pandemia, a tradicional feirinha de rua da Praça da Liberdade ainda não está funcionando aos domingos como era de costume. Mas vale visitar o bairro mesmo assim, nem que seja só para dar um passeio pelas ruas iluminadas pelas belas lanternas japonesas. Vários restaurantes da região já estão abertos, seguindo protocolos. E as lojas de produtos importados também são imperdíveis!

A qualquer horário.

Bairro da Liberdade, São Paulo (pelo metrô, pegue a linha azul e desça na estação Japão-Liberdade)

Limitless Hotel

conheça nossos hotéis de março